TSE, finalmente, suspende propaganda irregular do PT e fixa multa em meio milhão

 

De O Antagonista

Carlos Horbach, do TSE, concedeu liminar determinando que o PT se abstenha de veicular propaganda eleitoral que faz referência a Lula como candidato à Presidência, informa o Jota.

O ministro atendeu a um pedido do Partido Novo e fixou multa de R$ 500 mil em caso de descumprimento.

Na decisão, Horbach escreve com todas as letras que o PT cometeu “afronta à autoridade do decidido pelo Tribunal Superior Eleitoral” no julgamento da última sexta-feira, do qual Luís Roberto Barroso foi o relator.

Ajude-nos a continuar nosso trabalho independente. Você jamais será livre, sem uma imprensa livre. Contribua.

Comentários