Prisão de Cesare Battisti na Bolívia foi por acaso, revela coluna do Estadão.

Da Coluna do Estadão

A prisão de Cesare Battisti ocorreu por acaso no último sábado. A Polícia Federal brasileira tinha um indicativo de que ele estava escondido em Santa Cruz de La Sierra, na Bolívia, e relatou o fato à corporação daquele país.

A polícia italiana também tinha essa informação. Porém, ninguém sabia onde ele estava escondido. Uma fonte da PF no Brasil diz que nenhuma diligência para localizar Battisti foi feita, como mandados de buscas em residências. Um policial local, que não estava nessa missão, esbarrou com ele na rua, o identificou e o prendeu.

A PF enviou um avião Cessna Caravan para levar Battisti de Santa Cruz até Corumbá, cidade mais próxima, mas não foi necessário. Ninguém queria arriscar ter que levá-lo de carro nos mais de 600 km caso a opção fosse trazê-lo para o Brasil.

Ajude-nos a continuar nosso trabalho independente. Você jamais será livre, sem uma imprensa livre. Contribua.

Comentários