PF vai no comitê de Paulo Câmara (PSB) investigar material com foto de Lula candidato

Da Redação do Blog

A Polícia Federal vai abrir um inquérito por determinação da desembargadora eleitoral Karina Albuquerque para a investigação de veiculação de material de campanha do atual governador de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB), com o ex-presidente Lula (PT) como candidato. A distribuição de material cotendo o petista como candidato foi proibida pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Efetuaram-se buscas tanto nos comitês, como nas sedes e nos locais de entrega dos materiais dos dois partidos (PT e PSB) aqui no estado, mas nada foi encontrado. O PSL de Bolsonaro e a coligação de Armando Monteiro (PTB) fizeram denúncias do caso ao TRE, pedindo apuração.

O fato veio à tona com a postagem de um vídeo de um morador do bairro de Nova Descoberta, na Zona Norte da cidade, onde ele mostra adesivos em que Lula aparece como candidato a presidente pelo PT. A PF ouviu o morador a respeito do acontecido.

No vídeo, um homem que abordado pelo morador e apresentado como líder dos militantes, é funcionário do Prefeitura de Recife. Em nota, a Secretaria de Turismo, Esportes e Lazer afirmou que ele está de férias.

As informações da matéria foram tiradas do Blog do Jamildo.

Ajude-nos a continuar nosso trabalho independente. Você jamais será livre, sem uma imprensa livre. Contribua.

Comentários