Datafolha: Bolsonaro abre nova vantagem de 11 pontos sobre Haddad e chega aos 32%

Do G1

O Datafolha divulgou nesta terça-feira (2) a mais nova pesquisa de intenção de voto para presidente. O levantamento foi contratado pelo jornal “Folha de S. Paulo”.

Segundo o Datafolha, Jair Bolsonaro (PSL) cresceu quatro pontos percentuais e ultrapassou, pela primeira vez em pesquisa do instituto, a barreira dos 30% e abriu vantagem sobre o segundo colocado, Fernando Haddad (PT), que parou de subir.

O nível de confiança da pesquisa é de 95% - o que quer dizer que, se levarmos em conta a margem de erro, que é de dois pontos percentuais para mais ou para menos, a probabilidade de o resultado retratar a realidade é de 95%.

Vamos aos números:

Jair Bolsonaro (PSL): de 28% para 32%

Fernando Haddad (PT): de 22% para 21%

Ciro Gomes (PDT): manteve 11%

Geraldo Alckmin (PSDB): de 10% para 9%

Marina Silva (Rede): de 5% para 4%

João Amoêdo (Novo): manteve 3%

Henrique Meirelles (MDB): manteve 2%

Alvaro Dias (Podemos): manteve 2%

Cabo Daciolo (Patriota): de 1% para 2%

Vera Lúcia (PSTU): de 1% para 0%

Guilherme Boulos (PSOL): de 1% para 0%

João Goulart Filho (PPL): manteve 0%

Eymael (DC): manteve 0% Branco/nulos: de 10% para 8%

Não sabe/não respondeu: manteve 5%

REJEIÇÃO

A situação na rejeição também foi favorável para o candidato do PSL, que conseguiu manter o nível de 45%, enquanto Haddad piorou o índice de pessoas que não votariam nele, chegando a 41%.

Confira:

Bolsonaro: de 46% para 45%

Haddad: de 32% para 41%

Marina: de 28% para 30%

Alckmin: manteve 24%

Ciro: de 21% para 22%

Meirelles: de 16% para 15%

Boulos: de 17% para 15%

Cabo Daciolo: de 17% para 14%

Alvaro Dias: de 15% para 13%

Vera: de 18% para 13%

Eymael: de 17% para 12%

Amoêdo: de 14% para 12%

João Goulart Filho: de 14% para 11%

Rejeita todos/ não votaria em nenhum: de 4% para 3%

Votaria em qualquer um/ não rejeita nenhum: de 2% para 1%

Não sabe: manteve 4%

SEGUNDO TURNO

Nos cenários analisados para segundo turno, Bolsonaro está empatado nas três situações em que aparece, sendo numericamente abaixo de Alckmin e Ciro, e à frente de Haddad. Nas outras situações, Ciro vence de Alckmin e de Haddad, enquanto o tucano vence o petista em um eventual segundo turno.

Confira abaixo:

Ciro 42% x 37% Alckmin (branco/nulo: 19%; não sabe: 2%)

Alckmin 43% x 41% Bolsonaro (branco/nulo: 14%; não sabe: 2%)

Ciro 46% x 42% Bolsonaro (branco/nulo: 10%; não sabe: 2%)

Alckmin 43% x 36% Haddad (branco/nulo: 19%; não sabe: 2%)

Bolsonaro 44% x 42% Haddad (branco/nulo: 12%; não sabe: 2%)

Ciro 46% x 32% Haddad (branco/nulo: 20%; não sabe: 2%)

Comentários