MPF denuncia governo de Renan Filho por grampos

O MPF ajuizou ação civil pública contra o governo de Alagoas para tentar acabar com as interceptações telefônicas feitas por meio de órgãos que não pertencem à estrutura de Polícia Judiciária e Ministério Público.

Na ação, procuradores dizem que grampos no âmbito do setor de inteligência da Secretaria de Segurança Pública e da Polícia Militar têm sido a prática, e não exceção.

O MPF também pede que o governo de Renan Filho (MDB), filho de Renan Calheiros, devolva o equipamento e toda a estrutura tecnológica de monitoramento de interceptações telefônicas para a Polícia Judiciária, a seus servidores e delegados de Polícia Civil, exclusivamente.

Ajude-nos a continuar nosso trabalho independente. Você jamais será livre, sem uma imprensa livre. Contribua.

da Redação

Comentários