Urgente: Dias Toffoli e Davi Alcolumbre estão agindo contra a CPI da Lava Toga

Com informações de O Antagonista

Davi Acolumbre conseguiu convencer a senadora Maria do Carmo, do seu partido, o DEM, a retirar o apoio à terceira tentativa de criação da CPI da Lava Toga.

Ela foi a única do partido a assinar o requerimento.

Alessandro Vieira, autor da CPI, corre atrás de mais assinaturas para apresentar a proposta. Ao mesmo tempo, Davi continua entrando em contato com signatários para tentar novas baixas.

O site entrou em contato com o gabinete da senadora e aguarda um posicionamento.

Até senadores próximos de Davi Alcolumbre dizem ser impossível que o arquivamento de dois inquéritos para investigar supostos crimes eleitorais cometidos pelo atual presidente do Senado não tenha relação com o acordão em curso em Brasília.

Os inquéritos, que tramitavam no STF em razão do foro privilegiado do senador do Amapá, foram arquivados pela ministra Rosa Weber — a decisão está publicada no Diário de Justiça de 31 de julho último.

As acusações diziam respeito à campanha que elegeu Alcolumbre em 2014 e indicam que ele usou notas fiscais falsas na prestação de contas. A defesa do presidente do Senado considerou que o Supremo, ao arquivar os inquéritos, reconheceu “total ausência de provas”.

O senador Alessandro Vieira, autor da CPI da Lava Toga, tem evitado comentar o fato de Davi Alcolumbre estar, nos bastidores, pressionando colegas a retirarem assinaturas.

Maria do Carmo, do DEM, ainda não oficializou sua retirada, mas o site reitera que ela já fez chegar ao presidente do Senado a notícia de que mudou de opinião.

“O trabalho de pressão está muito grande. A gente sabe que vários colegas estão recebendo todo tipo de pressão, mas não vamos citar nomes, vamos deixar que cada um deles se manifeste, para não aumentar o constrangimento”, disse Vieira.

Segundo o senador, “está claro que existe um acordão em Brasília” e que, em razão dele, a instalação da comissão será postergada o máximo possível.

“Mas a pauta vai se impor. Tenho certeza de que vamos conseguir instalar.”

Para a surpresa de ninguém, Dias Toffoli também está atuando nos bastidores para a retirada de assinaturas em apoio à instalação da CPI da Lava Toga.

Toffoli e Davi Alcolumbre juntinhos.

Alessandro Vieira, autor da CPI da Lava Toga, confirmou a o site que colegas estão sendo pressionados a retirar o apoio à instalação da comissão — veja aqui.

Ele não quer citar nomes, mas apuramos que a senadora Juíza Selma, do PSL, foi informada de que, se não retirar sua assinatura, poderá ter a cassação do seu mandato confirmada pelo TSE.

O tribunal superior deve julgar em breve recursos contra a decisão do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) do Mato Grosso, que decidiu por unanimidade cassar o mandato dela por abuso de poder econômico e caixa dois na campanha do ano passado.

Por meio de sua assessoria, a senadora afirmou que não vai falar sobre o assunto.

Ajude-nos a continuar nosso trabalho independente. Você jamais será livre, sem uma imprensa livre. Contribua.

da Redação

Comentários