Com anúncio de vetos da Lei de Abuso de Autoridade, Bolsonaro deve revelar hoje o nome do novo PGR

Com informações do Jornal da Cidade Online

No mínimo 20 artigos da Lei de Abuso de Autoridade deverão ser vetados pelo presidente da República Jair Bolsonaro.

Assim, todos os vetos indicados pelo ministro Sérgio Moro deverão ser acatados.

O presidente deve aproveitar o anúncio dos vetos para indicar o novo Procurador-Geral da República nesta quarta-feira (4). É o que se ventila.

O nome mais cotado voltou a ser o do procurador Augusto Aras.

Nos últimos dias ele foi recebido mais duas vezes por Bolsonaro, onde teria justificado supostas críticas a Operação Lava Jato, o seu passado de leve proximidade com a esquerda e garantido que cumprirá as funções de PGR com absoluta isenção.

O ‘novo’ Augusto Aras tem se apresentado para o presidente como um ‘conservador’.

Nas redes sociais a possibilidade da sua indicação tem sofrido inúmeras críticas.

Para minimizar as consequências da eventual escolha, Bolsonaro comparou o exercício da presidência e a política com um jogo de xadrez, colocando o PGR como “rainha” e os ministros de estado como “peões”, guardando para Sérgio Moro a condição de “torre”.

De fato, não há nenhuma dúvida de que essa “torre” precisa ser mantida rija, inabalável. Para tanto, é fundamental o fortalecimento da luta contra a corrupção e, em consequência, necessário manter e aprimorar a robustez da Operação Lava Jato.

Bolsonaro certamente sabe disso.

Ajude-nos a continuar nosso trabalho independente. Você jamais será livre, sem uma imprensa livre. Contribua.

da Redação

Comentários