Indicações de Bolsonaro levará à debandada na PF, diz diretor-geral

Com informações de O Antagonista e da Revista Crusoé

Se Jair Bolsonaro insistir em indicar seus escolhidos para postos-chave da PF, o diretor-geral Maurício Valeixo está disposto a entregar o cargo – no que seria seguido por uma série de outros colegas que ocupam posições de comando, diz a Crusoé.

Valeixo repete que a PF se fortaleceu institucionalmente nos últimos anos, especialmente com a Lava Jato, e não pode correr o risco de voltar a se dobrar às vontades dos poderosos de plantão.”

Ajude-nos a continuar nosso trabalho independente. Você jamais será livre, sem uma imprensa livre. Contribua.

da Redação

Comentários