Uber congela contratações de profissionais de tecnologia após prejuízo bilionário no 2º trimestre

Com informações da Bloomberg e O Globo

NOVA YORK - Depois de um resultado no segundo trimestre que desapontou os mercados — com um prejuízo recorde de mais de US$ 5 bilhões —, o Uber anunciou o congelamento de contratações para sua divisão de tecnologia nos EUA e no Canadá.

Um porta-voz do aplicativo de transporte de passageiros disse na sexta-feira que a empresa vai parar temporariamente de contratar engenheiros de software e gerentes de produtos de tecnologia. Segundo o porta-voz, as equipes já têm efetivos suficientes para este ano.

O congelamento de vagas não afetará quem trabalha nas divisões de veículos autônomos do Uber, nem os profissionais que lidam com fretes.

— Continuaremos a contratar talentos, inclusive muitos engenheiros, no mundo todo — disse o porta-voz. — Mas temporariamente pressionamos o botão "pausar" em algumas equipes para garantir a eficiência na contratação de modo a não afetar nossas prioridades estratégicas.

A decisão chega depois do anúncio pelo Uber da demissão de 400 profissionais de marketing globalmente.Os cortes sugerem que a empresa está mais cautelosa após as perdas. O prejuízo bilionário no segundo trimestre levou as ações da companhia a uma queda de 12% nas Bolsas.

Ajude-nos a continuar nosso trabalho independente. Você jamais será livre, sem uma imprensa livre. Contribua.

da Redação

Comentários