Deputados do PT pedem que MP afaste o procurador Deltan Dallagnol

Com informações do Poder360

Os deputados petistas Gleisi Hoffmann (PR), Paulo Pimenta (RS) e Paulo Teixeira (SP) protocolaram nessa 5ª feira (1º.ago.2019) 1 pedido (íntegra) para que o CNMP (Conselho Nacional do Ministério Público) afaste o procurador Deltan Dallagnol da Força Tarefa da Lava Jato.

A representação dos deputados foi feita com base em novas divulgações de diálogos da Vaza Jato, que indicam investigação ilícita do procurador sobre presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), ministro Dias Toffoli.

O pedido solicita a “apuração de infração disciplinar” e o afastamento de Deltan do posto durante o processo, assim como o início de investigação para saber se os fatos narrados pela reportagem são verdadeiros e penalidade ao procurador caso sejam confirmados.

Segundo a solicitação dos congressistas, parte do diálogo atribuído a Deltan “revela que o Reclamado conhece a Constituição Federal e sabe que se 1 ministro do STF for investigado, o acompanhamento deve ser feito pelo procurador-geral da República, e não por outro membro do Ministério Público Federal. Contudo, o Reclamado desonra e viola novamente o texto constitucional”.

O texto ainda afirma que as supostas investigações de Deltan foram feitas com base em interesses pessoais. “Ele estaria se utilizando de seu cargo para interesses privados e, ao que consta, nada republicados”, diz. E que suas ações ultrapassaram “os limites do poder de atuação do Ministério Público Federal”.

Ajude-nos a continuar nosso trabalho independente. Você jamais será livre, sem uma imprensa livre. Contribua.

da Redação

Comentários