Deputado do PSC é acusado de calote e traidor por empresário. Ele é pré-candidato a prefeitura do Recife.

Por André Beltrão da Redação do Blog

Famoso por não honrar os compromissos assumidos com várias lideranças e empresários que o ajudaram a conquistar uma vaga de deputado estadual, Wanderson Florêncio (PSC) aprontou mais uma: Dessa vez foi o empresário Diogo Felix que foi as redes sociais fazer um desabafo e denunciar que o ex-vereador e pré candidato a prefeitura do Recife não passa de um "farsante".

No vídeo publicado no seu Instagram ele conta que tem passando por dificuldades financeiras graças ao não pagamento de um empréstimo feito a Florêncio nas eleições passadas. Na denuncia, a qual Diogo chama de "desabafo", ele clama por atenção para o "sonho" de Wanderson de ser candidato a prefeitura do Recife sem sequer honrar os compromissos que o fizeram chegar ao mandato na Assembléia Legislativa. "Fui usado", completa ele.

Para assumir o primeiro mandato de vereador o deputado se bandeou para o PSB levado por Felipe Carreras

Wanderson se elegeu vereador com o dinheiro e o prestígio do grupo do deputado Daniel Coelho a quem deu apoio nas eleições de 2012 quando o tucano quase foi para o segundo turno. Depois de deixar de honrar dívidas de quase R$ 1 milhão de reais na campanha pouco meses depois estava no grupo do PSB cooptado pelo deputado Felipe Carreiras (PSB). Habilidoso, Carreras prometeu que se desse apoio ao prefeito Geraldo Júlio (PSB) o prefeito faria com que ele assumisse como vereador. Ele tinha ficado na primeira suplência e não se fez de rogado.

A então vereadora Aline Mariano foi chamada para compor o secretariado do prefeito e Wanderson assumiu seu primeiro mandato de vereador que, em 2016, conseguiu renovar dessa vez com uma votação de mais de oito mil votos em dobradinha com Felipe Carreras (PSB).

Como suplente de vereador negociou apoio ao prefeito Geraldo Júlio (PSB) que chamou Aline Mariano para a PCR abrindo vaga para que ele assumisse na Câmara Municipal

Em 2018, nova votação e dessa vez surpreendente. Com mais de 24 mil votos ainda no PSC, ele conquistou seu primeiro mandato de deputado estadual com o apoio de Geraldo Júlio (PSB) e de André Ferreira (PSC)

Meses depois outra mudança. O parlamentar larga a bancada governista e vai para a bancada de oposição ao governador Paulo Câmara (PSB).

Em maio desse ano foi a vez dele trair o prefeito e o governador Paulo Câmara (PSB) e se juntar a oposição.

"Foi aí que a mosca azul voltou a picar o rapaz e ele já se lançou sua pré candidatura a prefeito do Recife sem ouvir ninguém do grupo Ferreira e nem mesmo o Felipe", explicou um deputado que elogia a disposição do rapaz. "Pode se dizer que ele é um carrerista na política e que passa por todo mundo mas ninguém pode dizer que ele não é trabalhador", completa a mesma fonte.

Procurados, Carreras (PSB) e André Ferreira (PSC) não quiseram comentar o episódio mas na Assembléia seus pares dizem que sua candidatura a sucessão de Geraldo Júlio é para valer.

"Esse rapaz é um exemplo de oportunismo e mau caráter", desabafou Daniel Coelho poucas semanas depois de 2012 quando o parlamentar abandonou seu grupo político devendo uma enorme quantia que pediu emprestado ao seu pai, o empresário João Coelho.

Era do grupo de Daniel Coelho, então no PSDB , mas traiu o deputado e foi para a base do PSB levado Felipe Carreras.

De "traição e traição", no entanto, o deputado Wanderson Florêncio vai construindo seu espaço político principalmente na região metropolitana e na capital onde coordena vários projetos de assistencialismo. Seu irmão, Weberson Florêncio, casou em Caruaru no último sábado e é o presidente do Podemos. Habilidoso como o irmão deve tentar uma cadeira de vereador nas próximas eleições.

Wanderson, aliás, é de Caruaru mas foi sua boa atuação no Recife que praticamente definiu sua eleição. Dos 24.971 votos que obteve cerca de 14.903 foram na capital pernambucana. Ele tem uma atuação destacada na área do meio ambiente e é autor de um projeto que transforma em parque toda área do antigo Aeroclube do Pina, alvo do mercado imobiliário da cidade.

Seguidas traições do deputado foram muito criticadas nas redes sociais

Procurado pelo blog para falar sobre o vídeo abaixo, o deputado desabafou. "Esse rapaz é um canalha".

A briga promete e vamos acompanhar tudo.

Ajude-nos a continuar nosso trabalho independente. Você jamais será livre, sem uma imprensa livre. Contribua.

da Redação

Comentários