Helicóptero do Ibama é atacado a tiros em Rondônia

Com informações do O Globo

RIO - Um helicóptero do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama ) foi atacado a tiros na última quarta-feira, enquanto participava de uma operação de combate a exploração ilegal de madeira em terras indígenas. O ataque ocorreu em terras indígenas de Espigão D'Oeste, em Rondônia.

A região foi alvo de outro ataque recente a um equipamento da autarquia do Ministério do Meio Ambiente (MMA). No início do mês, um caminhão-tanque que levava combustível para abastecer helicópteros foi incendiado por madeireiros.

Na semana passada, o ministro Ricardo Salles reuniu-se com madeireiros de Espigão D'Oeste. Em discurso no evento, Salles afirmou que o ataque ao caminhão-tanque deve ser atribuído a criminosos, e não ao setor madeireiro.

O Exército dá apoio ao Ibama nas operações no município. Segundo o G1, a Polícia Federal abriu uma investigação, mas ninguém foi preso até esta sexta-feira. Desde o início do mês, mais de 70 empresas foram proibidas de seguir com a operação madeireira na região pelo Ibama.

Ajude-nos a continuar nosso trabalho independente. Você jamais será livre, sem uma imprensa livre. Contribua.

da Redação

Comentários