PF apreende R$ 100 mil em espécie com supostos hackers

A Polícia Federal apreendeu R$ 100 mil em espécie na residência do casal Gustavo Henrique Elias Santos e Suelen Priscila de Oliveira, supostos hackers envolvidos nos ataques ao ministro Sergio Moro.

Além do dinheiro encontrado, também foi apreendido celulares e um notebook dos suspeitos. A informação é de Mateus Coutinho da Revista Crusoé. O suposto casal de hackers foi preso na Operação Spoofing, deflagrada nesta última terça-feira (23).

A operação cumpriu 11 ordens judiciais, expedidas pelas Justiça de Brasília, sendo sete mandados de busca e apreensão e quatro de prisão temporária, nas cidades de São Paulo, Araraquara e Ribeirão Preto, no estado de São Paulo.

A operação foi intitulada de Spoofing por causa de um tipo de falsificação tecnológica onde uma rede ou uma pessoa acredita que a fonte de uma informação é confiável quando não é. Spoof são pacotes de IP utilizando endereços de remetentes falsificados, assim, falsifica-se o endereço de origem através de uma manipulação simples do cabeçalho IP. Este é o método que a PF acredita ter sido usado para hackear as mensagens do Ministro da Justiça Sergio Moro, e o procurador do Ministério Público Deltan Dalagnol.

Ajude-nos a continuar nosso trabalho independente. Você jamais será livre, sem uma imprensa livre. Contribua.

da Redação

Comentários