Bolsonaro só não teve mais apoio do que Lula, diz Lauro Jardim

Por Lauro Jardim colunista de O Globo

Mesmo sem uma base formal na Câmara, Bolsonaro conseguiu manter uma boa média de apoio nas votações da Casa.

Segundo um estudo inédito da consultoria Arko, entre fevereiro e julho, o governo obteve 58,2% de apoio dos deputados em 108 votações.

De todas as votações, o governo saiu derrotado em apenas cinco, entre elas, a convocação do ministro da Educação, Abraham Weintraub, e a retirada do Coaf do Ministério da Justiça.

Em termos partidários, o Novo foi a legenda mais alinhada ao governo federal: 91,4% dos seus votos foram favoráveis aos interesses do Planalto. O PSL aparece em segundo lugar, com 83,6%. Já os que menos apoiaram foram PSB, com 33,3%, seguido pela Rede, com 30,5%.

O apoio dado a Bolsonaro só é menor do que o que Lula conseguiu no primeiro semestre de 2003, quanto a média foi de 63,7%. Na época, foi votada a PEC do Sistema Financeiro, que abriu caminho para a autonomia do Banco Central.

Ajude-nos a continuar nosso trabalho independente. Você jamais será livre, sem uma imprensa livre. Contribua.

da Redação

Comentários