‘Prévia do PIB’ avança 0,54% em maio, diz Banco Central

Por Mariana Ribeiro do Poder360

O IBC-Br (Índice de Atividade Econômica do Banco Central), considerado pelo mercado uma “prévia do PIB” (Produto Interno Bruto) brasileiro, avançou 0,54% em maio em relação ao mês anterior.

Foi o 1º resultado positivo depois de 4 meses seguidos de queda. Os dados dessazonalizados –espécie de compensação para analisar períodos diferentes– foram divulgados nesta 2ª feira (15.jul.2019) pelo Banco Central.

No trimestre encerrado em maio, o índice acumulou queda de 0,99%.

Já em relação a maio de 2018 (série sem ajuste sazonal), houve avanço de 4,4%. No acumulado em 12 meses, o índice registra alta de 1,31% em relação ao período imediatamente anterior.

A atividade econômica tem avançado lentamente em 2019. Segundo dados do IBGE, a produção industrial caiu 0,2% em maio; as vendas do varejo recuaram 0,1% e o setor de serviços registrou estabilidade.

O IBC-BR

Divulgado todos os meses desde 2010, o IBC-Br é uma medição antecedente do crescimento econômico do país. O índice incorpora estimativas para a agropecuária, indústria e serviços, assim como os impostos sobre os produtos.

Já o PIB oficial do país é medido pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) e considera o resultado de todos os bens e serviços produzidos pelo país em 1 determinado período.

Em 2018, o IBC-Br indicou alta de 1,15% na atividade econômica. O IBGE, por sua vez, divulgou crescimento de 1,1% no PIB.

Ajude-nos a continuar nosso trabalho independente. Você jamais será livre, sem uma imprensa livre. Contribua.

da Redação

Comentários