Sete reféns são liberados e dez criminosos são presos após ataque a banco em Uberaba, MG

Com informações do O Globo

RIO — O ataque a uma agência bancária na madrugada desta quinta-feira causou pânico aos moradores de Uberaba , no Triângulo Mineiro. Na fuga, um bando formado por cerca de 25 criminosos que estavam em carros, caminhonetes e caminhões, trocou tiros com policiais e duas pessoas foram baleadas.

Já pela manhã, policiais cercaram um caminhão onde estavam criminosos na Rodovia BR-262, entre Araxá e Uberaba por volta de 8h30. Os bandidos fizeram sete reféns: quatro homens, uma mulher e duas crianças, que foram liberados após negociação com policiais que durou cerca de duas horas. Dez criminosos foram presos no local.

Segundo a chefe do setor de comunicação da Polícia Militar de Minas Gerais, capitã Layla Brunnela, policiais militares realizam um cerco por toda a região, inclusive na fronteira com o estado de São Paulo, na tentativa de capturar os criminosos.

— Neste momento, há uma grande operação montada no estado. Estamos contando com o apoio de pelos menos outras dez cidades, com o objetivo de capturar todos os envolvidos nessa ação criminosa. Os dez que foram presos até o momento serão levados para a Delegacia de Uberaba — disse.

Agência bancária foi alvo de ação criminosa emn Uberaba Foto: Reprodução

Uma mulher, ainda não identificada, foi atingida de madrugada por um disparo na cabeça e encaminhada para o o Hospital das Clínicas da Universidade Federal do Triângulo Mineiro (HC-UFTM). A unidade de saúde informou que o estado dela é grave e que a paciente foi submetida a uma cirurgia. Um homem também encaminhado para o mesmo hospital foi baleado sem gravidade na perna.

Por volta de 3h, os bandidos bloquearam diversas vias ao redor da agência, que fica no centro da cidade. Vídeos divulgados em redes sociais mostram momentos de confronto entre criminosos e policiais. Há imagens gravadas em janelas de prédios feitas por moradores assustados, sendo possível ver um homem preso ao capô de um carro, outras registradas em meio à rua, e também dentro de um hospital, com as pessoas deitadas no chão para se proteger, enquanto é possível ouvir os tiros nas proximidades.

Cidadao é preso no capo do carro em uberaba ... Enquanto estao assaltando em uberaba pic.twitter.com/2y7xYNGEbi — fobia social (@QueSeFo47543895) 27 de junho de 2019

Outro vídeo, já na manhã desta quinta-feira, mostra o momento em que policiais fazem um cerco onde os criminosos estão com reféns. Vários estabelecimentos tiveram janelas, portas e paredes perfuradas e até dois veículos que estavam no Quartel do Corpo de Bombeiros foram atingidos por disparos.

Homem em cima de carro durante confronto em Uberaba Foto: Reprodução

Aulas e expediente em órgãos municipais suspensos

Segundo a Prefeitura de Uberaba, órgãos públicos municipais estarão fechados nesta manhã e apenas setores de atendimento médico de urgência vão funcionar, orientados pelas forças de segurança da cidade. As aulas e os serviços de transporte escolar foram suspensos. O transporte público foi retomado pouco antes das 9h.

O prefeito de Uberaba, Paulo Piau, definiu como "lamentável" o que ocorreu na cidade. Em uma rede social, ele informou que estava em Belo Horizonte, mas que "desde o primeiro momento fui acionado pela SDS (Secretaria de Defesa Social) e a partir de então, acompanhando tudo".

"Tenho família, que está em Uberaba, e sei a angústia que passaram. Estarei com o governador Romeu Zema hoje e novamente pedirei mais apoio para nossas polícias. No que tange à Prefeitura, estamos providenciado armamento e treinamento para os Guardas Municipais, além de aumentar o efetivo. Espero que assim possamos contribuir mais com a PM na segurança de nossa cidade. Que Deus proteja nossas famílias e nossa cidade. E que Nossa Senhora cuide de todos os Uberabenses", escreveu o prefeito.

Ajude-nos a continuar nosso trabalho independente. Você jamais será livre, sem uma imprensa livre. Contribua.

da Redação

Comentários