Prévia da inflação em junho fica em 0,06%, menor taxa para o mês em 13 anos

Por Lis Cappi do Site Poder360

O IPCA-15 (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo-15), considerado pelo mercado como uma prévia da inflação para o mês, desacelerou e ficou em 0,06% em junho. É a menor taxa para o período desde 2006, quando marcou marcou -0,15%.

Os dados foram divulgados nesta 3ª feira (25.jun.2019) pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

Eis 1 compilado dos resultados dos últimos 12 meses:

No acumulado dos 6 primeiros meses do ano, a alta é de 2,33%. Considerando os últimos 12 meses, o índice ficou em 3,84%, dentro da meta fixada pelo CMN (Conselho Monetário Nacional) para o ano: 4,25%, com 1,5 ponto percentual de tolerância para baixo (2,75%) ou para cima (5,75%).

Já o IPCA-E, que é o IPCA-15 acumulado no trimestre, foi de 1,13%.

O QUE EXPLICA O RESULTADO

Segundo o Instituto, a diminuição foi proporcionada pela queda nos preços dos alimentos e dos combustíveis.

O grupo alimentação e bebidas, que havia ficado estável em maio (0,00%), apresentou deflação (-0,64%) em junho. Já os combustíveis tiveram queda de 0,67%, frente à uma alta de 3,30% em maio.

Entre as altas, as passagens aéreas tiveram destaque: subiram 18,98% em relação ao mês anterior. A maior variação positiva foi do setor de Saúde e cuidados pessoais (0,58%) e do grupo Habitação (0,52%).

Ajude-nos a continuar nosso trabalho independente. Você jamais será livre, sem uma imprensa livre. Contribua.

da Redação

Comentários