Véspera do melhor São João do mundo teve queima de fogos, forró e sertanejo no pátio de eventos Luiz Gonzaga

Com informações da Prefeitura de Caruaru

Com um gostinho de quero mais, o São João 2019 de Caruaru vai chegando à sua reta final, porém grandes atrações ainda subirão no palco do Pátio de Eventos Luiz Gonzaga até o último dia dos festejos, no próximo sábado (29).

E, para dar continuidade a grandiosidade da festa neste último domingo no polo, subiu ao palco a primeira atração, o cantor caruaruense Ricardo França. Ele apresentou um repertório composto por músicas que já toca em suas apresentações, que vai do forró atual com pegada mais moderna, ao tradicional, porém com uma releitura musical acústica, deixando a apresentação mais próxima de um pocket show. “Com este estilo, espero me aproximar do público que prefere um bate um papo e escutar boa música”, afirmou Ricardo.

Com um histórico de participações nas grandes festas populares da cidade como em todos os anos, foi a vez do artista Azulão e seu filho Azulinho apresentarem para o público suas canções de sucessos, na qual todos já sabem e cantam junto com eles. Seu show, voltado para o forró tradicional e muitas músicas autorais como “Dona Tereza” e “Mané Gostoso”, fizeram a multidão relembrar um pouco da história e carreira do grande artista Azulão.

Sendo sucesso no Brasil inteiro com seu novo DVD, intitulado de “Tem Moda Pra Tudo”, a dupla Matheus e Kauan – que já é presença confirmada por três anos consecutivos na festa – realizou um grande show na Capital do Forró. Além das novas faixas do álbum, os cantores também cantaram sucessos dos dois últimos DVDs. A pedido do público e com um lindo show de fogos, várias outras canções também fizeram parte do repertório desta noite.

Encerrando o domingo, véspera de feriado, o Pátio de Eventos, ainda contou com o show de Novinho de Paraíba, que trouxe para Caruaru muito forró pé de serra, ritmo de quadrilha e músicas românticas no Maior e Melhor São João do Mundo.

Ajude-nos a continuar nosso trabalho independente. Você jamais será livre, sem uma imprensa livre. Contribua.

da Redação

Comentários