Ação de combate à violência reúne mais de 160 idosos em Garanhuns

Com informações da Assessoria de Imprensa

Mais de 160 idosos do município de Garanhuns participaram, nesta quarta-feira (19), no Parque Ruber van der Linden, conhecido como Pau Pombo, de uma ação alusiva ao Dia de Conscientização da Violência Contra a Pessoa Idosa, que foi celebrado mundialmente no último sábado (15).

O evento foi promovido pelo Conselho Municipal dos Direitos do Idoso (CMDI), em parceria com o Núcleo de Enfrentamento à Violência contra o Idoso (Neviga) e a Secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos (SASDH), tendo a colaboração do Centro Universitário Maurício de Nassau (Uninassau) em Garanhuns.

Foto: SASDH_AQUILLES SOARES

Abrindo a programação, o grupo Ginga Brasil de Capoeira se apresentou, além de realizar alongamento para os participantes, narrando a história da expressão cultural brasileira.

Em seguida, a assistente social Jane Mércia palestrou sobre a temática violência contra o idoso e garantia dos seus direitos; com representantes dos diversos órgãos de enfrentamento à violência contra o idoso em Garanhuns. Após a palestra, foi promovido um momento de lazer e descontração no espaço, em comemoração ao período junino.

Foto: SASDH_AQUILLES SOARES

O presidente do CMDI, Luiz Leite, destacou a importância de se promover eventos como este junto à população idosa. “Esse é um evento de conscientização para divulgar os direitos dos idosos e os seus tipos de violação, visando também coibir possíveis negligências e maus tratos, e abrindo um espaço para que todos possam tirar suas dúvidas”, afirmou.

A ação também contou com a presença da secretária de Assistência Social e Direitos Humanos, Célia Sobral, que evidenciou o trabalho desenvolvido no município pelos diversos órgão de enfrentamento à violência contra a pessoa idosa. “Desenvolvemos um trabalho em rede, com o Centro de Referência Especializado em Assistência Social e também por meio dos Cras’s da cidade, que atuam conscientizando e encaminhando possíveis casos de violência contra o idoso no município”, pontua a titular da pasta.

Ajude-nos a continuar nosso trabalho independente. Você jamais será livre, sem uma imprensa livre. Contribua.

da Redação

Comentários