EXCLUSIVO: Das nove pessoas presas na "Operação Mar Aberto" duas já se encontram em liberdade

Por Ricardo Antunes

Duas das nove pessoas presas durante a “Operação Mar Aberto” já estão em liberdade. Elas são acusadas de pertencerem a um grupo comandado pelo empresário José Pinteiro Neto, que teria sonegado cerca de R$ 65 milhões.

A movimentação do grupo, que tem 11 empresas náuticas e uma de eventos, foi de R$ 300 milhões em cinco anos, de acordo com a polícia.

A filha do empresário, Victória Pinteiro, foi liberada na última sexta feira (17), por decisão do desembargador Carlos Moraes que, no entanto, não acolheu o pedido da defesa para as outras sete pessoas. O desembargador é conhecido pela sua seriedade.

A administradora Adriana Pinteiro, foi liberada na segunda (20), pelo juízo da Vara de Crimes Contra a Administração Pública e a Ordem Tributária.

O juiz entendeu que ela também preenche os requisitos para medidas menos gravosas como a entrega do seu passaporte.

Ainda se encontram detidos, o empresário José Pinteiro Neto, Anibal Pinteiro, José Pinteiro Júnior mas conhecido como (DJ Jopin), Andréa Pinteiro, Rômulo Tavares, Patrícia de Lima e Matheus Felipe.

Ajude-nos a continuar nosso trabalho independente. Você jamais será livre, sem uma imprensa livre. Contribua.

da Redação

Comentários