Ministra Damares Alves diz que vem recebendo ameaças de morte

Da Redação com informações do O Globo

Em uma entrevista a rádio Jovem Pan, Damares Alves revelou que recebe constantes ameaças de morte desde sua posse ao cargo de ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos no governo de Jair Bolsonaro. “No momento da posse, vocês todos ficaram sabendo que havia ameaças a mim e ao presidente Jair Bolsonaro. Houve até uma situação de bombas, e foram encontrados artefatos em uma igreja no Distrito Federal. A partir daí, eu fiquei numa análise de risco e fiquei tendo cuidado. Tive que sair de casa, fui pra um hotel, estou no hotel até hoje e fazendo uma análise do momento em que posso voltar para casa. Essas ameaças vêm via Facebook, redes sociais.", contou.O novo endereço da sua casa vem sendo mantido em sigilo por questões de segurança. O Gabinete de Segurança Institucional (GSI) orientou ainda a ministra a não antecipar informações sobre sua agenda, que é bastante movimentada, com viagens frequentes para eventos oficiais.

Na entrevista à rádio, Damares reforçou que fica no cargo "até o dia que o presidente Bolsonaro precisar de mim, entender que eu sou útil, e até minha saúde aguentar."

Ajude-nos a continuar nosso trabalho independente. Você jamais será livre, sem uma imprensa livre. Contribua.

da Redação

Comentários