Cabral pagou propina ao chefe do Ministério Público no RJ

Com informações de O Atangonista

Em depoimento prestado em Bangu 8 no dia 25 de março, Sérgio Cabral confirmou ter pago propina ao ex-procurador-geral de Justiça do Rio Cláudio Lopes, informa a GloboNews.

Chefe do Ministério Público fluminense entre 2009 e 2012, Lopes foi preso em novembro do ano passado, acusado de receber R$ 7,2 milhões em propina para blindar a organização criminosa chefiada por Cabral.

O ex-governador do Rio disse no depoimento que, em 2004 ou 2005, quando ainda era senador, Lopes foi até seu gabinete.

No encontro, segundo Cabral, Lopes teria dito que o senador “provavelmente” seria eleito governador em 2006 e pediu seu apoio para ser nomeado procurador-geral. Em troca, prometeu arquivar uma investigação que tramitava contra Cabral desde 1998 no Conselho Superior do MP-RJ.

Ouvido pela emissora de TV, o advogado do ex-procurador-geral respondeu que as declarações de Cabral não merecem credibilidade.

O ex-governador do Rio já foi condenado a penas que somam 198 anos de prisão.

O ex-governador afirmou ter repassado propina ao Procurador-Geral de Justiça, responsável por investigações contra a corrupção

Ajude-nos a continuar nosso trabalho independente. Você jamais será livre, sem uma imprensa livre. Contribua.

da Redação

Comentários