Polícia do Egito prende homem por escalar a Pirâmide de Gizé

Com informações do portal G1

A polícia do Egito prendeu nesta quarta-feira (1º) um jovem egípcio que escalou a Grande Pirâmide de Gizé e atirou pedras nos agentes, informou o Ministério de Antiguidades.

O indivíduo, que não foi identificado, tinha comprado a entrada para visitar o espaço e começou a escalar os blocos de pedra até o topo, explicou em nota Ashraf Mohi, diretor-geral da Esplanada de Gizé, que abriga as pirâmides de Quéops, Quéfren e Miquerinos.

Como é proibido subir nesta que é uma das Sete Maravilhas do Mundo Antigo, a polícia foi atrás para tentar conter o jovem.

Ele resistiu e, enquanto subia, arremessava pedras nos policiais, segundo o ministério. Já no pico, ele retirou uma estrutura de madeira utilizada para mostrar a altura original do monumento. Os agentes conseguiram conter o escalador e o conduziram ao Ministério Público, de acordo com Mohi, que não deu mais detalhes.

Esta não é a primeira vez que algo semelhante acontece nessa região turística. Em dezembro do ano passado, o governo egípcio pediu ao Ministério Público que averiguasse um vídeo que correu as redes sociais com um casal estrangeiro escalando a mesma pirâmide.

Na gravação, o homem e a mulher terminavam a subida sem roupa e entrava uma imagem estática da dupla simulando um ato sexual.

Por sua vez, a modelo belga Marisa Papen também posou sem roupa na esplanada das pirâmides em 2017 e, em 2015, um alemão subiu uma das pirâmides e exibiu o vídeo na internet. Ambos sofreram punições.

Ajude-nos a continuar nosso trabalho independente. Você jamais será livre, sem uma imprensa livre. Contribua.

da Redação

Comentários