Presidente da CCJ, Francischini, afirma que aprovação da reforma da Previdência depende do governo

Da Redação em Brasília com informações de O Antagonista

Felipe Francischini, presidente da CCJ da Câmara, disse ao Globo que os votos para aprovar a reforma da Previdência dependem do governo.

É o governo, emendou ele, que tem de conversar com os deputados.

“Espero que esse atraso da CCJ sirva de lição para que, na comissão especial, as coisas aconteçam de maneira mais tranquila.”

O deputado afirmou que “o jogo vai ser mais pesado” na comissão especial e chamou a atenção para o fato de, segundo ele, Rodrigo Maia ter contribuído mais do que o próprio governo na CCJ.

da Redação

Comentários