Último secretário do alto escalão do MEC é nomeado

Da Redação em Brasília com informações de Renata Agostini do Jornal O Estado de S.Paulo

Último cargo vago no primeiro escalão do Ministério da Educação, a Secretaria de Regulação e Supervisão da Educação Superior (Seres) será ocupada por Ataíde Alves, técnico que já ocupava cargo na pasta desde o governo passado, segundo apurou o Estado.

Responsável pelo credenciamento de novas faculdades, a Seres tem grande visibilidade e, por isso, a indicação para o posto vinha sendo disputada dentro do governo. Inicialmente, o ministro Abraham Weintraub pretendia reconduzir Silvio Cecchi, que chefiou a secretaria no governo Michel Temer, mas o nome encontrou resistências no Planalto. Com histórico de atuação no setor, Alves surgiu como a opção.

O Estado mostrou nesta semana que o Ministério da Educação (MEC) promoveu um “mutirão” nos primeiros meses do ano para acelerar a abertura de novas universidades no País. Pedidos de credenciamento que estavam parados havia anos na pasta foram liberados para análise do Conselho Nacional de Educação (CNE).

Abraham Weintraub , ministro da Educação
da Redação

Comentários