"Era contra a privatização da Chesf, mas quer privatizar Suape", dispara deputado sobre ‘contradição’ de Paulo Câmara.

Com informações do Blog do Jamildo

Com o apoio a iniciativa do Governo do Estado e do Ministério da Infraestrutura de buscar um parceiro privado para a gestão do Porto de Suape, o deputado estadual Antonio Coelho (DEM) nesta quarta (10), considerou necessária a privatização parcial do Complexo Industrial Portuário para garantir sua eficiência.

O filho do senador Fernando Bezerra (MDB) lamentou o posicionamento manifestado anteriormente pelo governador Paulo Câmara contra a privatização da Eletrobras e da Companhia Hidro Elétrica do São Francisco.

No discurso, o deputado do DEM ressaltou a declaração feita pelo secretário de Desenvolvimento Econômico, Bruno Schwambach. O gestor reconheceu que o Estado não tem condições de fazer, por conta própria, os investimentos para preservação e modernização do complexo portuário.

O governador de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB), recebeu críticas do deputado Antonio Coelho (DEM), sobre sua postura anterior contra a privatização da Eletrobras e Chesf.

“A privatização da Eletrobrás e da Chesf também garantiria uma eficiência maior para nosso sistema elétrico e instrumentos para preservar o Rio São Francisco. Mas os governistas disseram que isso seria ‘entreguismo”, avaliou.

“A gestão Paulo Câmara tem que abandonar a prática de falar uma coisa na campanha e na hora de governar fazer outra”, concluiu.

Líder do Governo, Isaltino Nascimento (PSB) ocupou a tribuna para negar que Suape será privatizada. Segundo ele, haverá uma abertura do capital semelhante à que foi feita com a Copergás.

da Redação

Comentários