TRF-4 manda soltar ex-marqueteiro do PT preso pela Lava Jato

Com informações da Folha de São Paulo

Foi ordenado pela oitava turma do TRF-4, a soltura do publicitário Valdemir Garreta, ex-marqueteiro do PT, preso em novembro pela Lava Jato.

Preso no Complexo Médico Penal de Pinhais, na região metropolitana de Curitiba, Garreta é acusado de ser intermediário de propinas da OAS para diretores da Petros, fundo de pensão dos funcionários da Petrobras, durante a construção da Torre Pituba, sede da estatal na Bahia, um empreendimento feito pela OAS com dinheiro do fundo de pensão.

Os juízes do TRF4 determinaram que o publicitário seja libertado mediante o pagamento de uma fiança de R$ 1 milhão. Garreta não precisará usar tornozeleira eletrônica.

Em depoimento à Polícia Federal, logo após ser preso, o marqueteiro disse que foi intermediário de pagamentos de propina que a empreiteira OAS destinou para Luiz Carlos Fernandes Afonso, ex-presidente da Petros, fundo de pensão dos funcionários da Petrobras.

Ajude-nos a continuar nosso trabalho independente. Você jamais será livre, sem uma imprensa livre. Contribua.

da Redação

Comentários