Em visita aos EUA, o vice-presidente Mourão afirma: 'eu complemento o presidente'

O general Hamilton Mourão, vice-presidente da República, afirmou neste sábado (6) nos EUA que atua de forma complementar à agenda do presidente Jair Bolsonaro e negou que seria um contraponto aos posicionamentos defendidos pelo Presidente.

Respondendo críticas de que estaria associado às ideias que seriam antagônicas à pauta do governo, Mourão negou enfaticamente que tenha agido desta forma, mesmo após declarar publicamente algumas opiniões que divergissem do chefe do Executivo. Em sua agenda no país norte-americano, Mourão realizou uma reunião com Mangabeira Unger, que já criticou o governo Bolsonaro.

Segundo o vice-presidente, as críticas a sua postura são naturais. “A crítica faz parte do jogo político, eu não me importo com crítica”, afirmou neste sábado no evento Brazil Conference, organizado por alunos brasileiros em Harvard e no MIT.

Ajude-nos a continuar nosso trabalho independente. Você jamais será livre, sem uma imprensa livre. Contribua.

da Redação

Comentários