Homem rouba carro de aplicativo, se passa por motorista e estupra passageira no Rio

Com informações do O Globo

Uma mulher foi surpreendida e viveu momentos de desespero na noite da última quarta-feira (03) em Campo Grande, na Zona Oeste do Rio, após solicitar uma corrida num aplicativo.

Ao entrar no carro com sua filha, em vez de encontrar o motorista chamado, elas foram abordadas por um criminoso que tinha acabado de roubar o veículo. Ele avançou com elas por alguns metros e deixou sua filha num posto de gasolina. Em seguida, dentro do carro, ele assaltou a passageira, e a obrigou a manter relações sexuais.A vítima, em depoimento à delegacia, contou que o bandido a forçou a praticar sexo oral. Em seguida, ela avistou viaturas da Polícia Militar, e decidiu escapar. A PM informou que homens do 40º BPM (Campo Grande) estavam em patrulhamento na Rua Pontes Leme, no bairro, quando ouviram gritos, e encontraram a mulher, fugindo do carro, desesperada, e pedindo socorro.

O bandido, então, tentou fugir, mas os PMs fizeram um cerco e conseguiram prendê-lo mais tarde, após troca de tiros, junto com um outro comparsa, que participou do assalto ao carro. Na 35ªDP (Campo Grande), o motorista de aplicativo, real condutor do carro, vítima de roubo, e a mulher, que contou ter sido abusada sexualmente, os reconheceram.

>>>

Ajude-nos a continuar nosso trabalho independente. Você jamais será livre, sem uma imprensa livre. Contribua.

da Redação

Comentários