PF recebe mais 30 dias para concluir apuração sobre Aécio

Da Redação do blog com informações do O Globo

O ministro Luiz Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), concedeu mais 30 dias de prazo para a Polícia Federal concluir a apuração sobre a suposta atuação do deputado Aécio Neves (PSDB-MG) em favor de empreiteiras em obras em Rondônia.

Ao conceder o prazo, na última segunda-feira (11), Fachin atendeu parcialmente a um pedido da Procuradoria Geral da República (PGR), que havia solicitado mais 60 dias.

Aécio é investigado por supostamente ter atuado em defesa dos interesses da Odebrecht e da Andrade Gutierrez no andamento de projetos das usinas hidrelétricas de Santo Antônio e Jirau, no Rio Madeira.

Quando os depoimentos de executivos da Odebrecht se tornaram conhecidos, a defesa de Aécio divulgou a seguinte nota:

"Registramos que as obras das usinas hidrelétricas do Rio Madeira (usinas de Santo Antônio e Jirau) foram licitadas pelo governo federal, do PT, não havendo, portanto, nenhuma participação do governo de Minas. Em uma delas, em Jirau, a Cemig foi inclusive derrotada. Dessa forma, não há qualquer elemento ou mesmo indício de participação do senador Aécio Neves em favor da empresa.

da Redação

Comentários

Leia mais...

Mais em Corrupção