Atiradores atacam escola e matam oito pessoas em São Paulo

Da Redação do blog com informações do G1

Na manhã desta quarta-feira (13) dois assassinos encapuzados mataram oito pessoas na Escola Estadual Raul Brasil, em Suzano, região metropolitana de São Paulo. Os cinco estudantes assassinados tinham entre 15 e 17 anos de idade, de acordo com o secretário de Segurança Pública de São Paulo. Também foram mortos duas funcionárias do colégio e o proprietário de uma loja próximo ao local.

Frente da Escola Estadual Professor Raul Brasil, em Suzano, após o massacre. — Foto: Maiara Barbosa

Os assassinos, Guilherme Taucci Monteiro, de 17 anos, e Henrique de Castro, de 25, eram ex-alunos do colégio. A investigação aponta que, depois do ataque, ainda dentro da escola, Guilherme matou Henrique e, em seguida, se suicidou. A polícia diz que os dois tinham um "pacto" segundo o qual cometeriam o crime e depois se suicidariam.

Familiares e amigos aguardavam por informações na entrada da Escola Estadual Raul Brasil, após o ataque - Foto: Maiara Barbosa

"Eles ingressaram na escola, atiraram na coordenadora pedagógica, atiraram numa outra funcionária. Estava na hora do lanche, eles se dirigiram ao pátio, atiraram em mais quatro alunos do ensino médio", disse o coronel Marcelo Salles, comandante-geral da PM.

Ainda não se sabe a motivação do crime. Foram feitas buscas na casa dos assassinos, e a polícia recolheu pertences dos dois.

Assista ao vídeo do momento após o ataque (Cenas pesadas):

da Redação

Comentários

Leia mais...

Mais em Municípios