No JN, Bolsonaro mostrou que será adversário duríssimo nessas eleições

 

Do Infomoney

No Jornal Nacional, Jair Bolsonaro (PSL), foi o entrevistado da vez. Não só sobreviveu, como conseguiu defender pontos do seu programa de governo, trajetória e discurso.

A imprensa segue sem conseguir causar danos significativos ao deputado, que fortalece ainda mais as suas bases. Ele não fugiu dos conflitos e, quando não sabia o que responder, sacou tranquilamente suas frases de efeito, deu certo.

O ponto fraco de Bolsonaro, fui seguramente a explicação estranha sobre a votação da PEC das domésticas, e também sobre a diferença salarial entre homens e mulheres. No conteúdo, foi mal. Na forma, foi bem: instalou uma contradição entre os apresentadores.

Bolsonaro foi bem, e vai ser um candidato duríssimo nessas eleições. Será interessante avaliar os efeitos colaterais das suas informações mais controversas. Competitivo, brigador e representante de uma parcela grande da sociedade, ele disse hoje coisas ao vivo que nunca antes ninguém teve coragem de dizer.

Comentários