Ministro Gustavo Bebiano já admite que será exonerado nessa segunda-feira

Do Estadão

Visivelmente abatido, o ministro da Secretaria-geral, Gustavo Bebianno, confirmou, no início da tarde deste sábado, 16, que o presidente Jair Bolsonaro indicou que vai exonerá-lo na próxima segunda-feira, 18. Ao deixar o hotel onde mora, em Brasília, ele afirmou que está com a consciência tranquila e que ainda tem "carinho" pelo presidente.

Apesar da sinalização de que será demitido, Bebianno disse que ainda aguarda a formalização da exoneração na edição do Diário Oficial da União (DOU) de segunda-feira. "Sim, a sinalização é essa. A tendência é essa, exoneração. Quando vocês perguntam, é o seguinte, eu quero ver o papel com a exoneração, a hora que sair o papel com a exoneração é porque eu fui exonerado", disse.

Comentários

Leia mais...

Mais em Política