Ministério Público Eleitoral pede ao TRE do Rio Grande do Norte a cassação de Fátima Bezerra

O Ministério Público Eleitoral pediu ao TRE do Rio Grande do Norte a cassação ou suspensão do diploma da governadora eleita, a petista Fátima Bezerra.Ela é acusada de gasto ilícito de campanha.

 

Além da cassação ou suspensão do diploma da governadora eleita, Fátima Bezerra, o Ministério Público Eleitoral no Rio Grande do Norte pediu a quebra do sigilo bancário da empresa Brasil de Todos e de seus sócios, Camilo Nóbrega Toscano e Roberto de Souza Campos Cosso.

A empresa foi criada em 21 de agosto, menos de dois meses antes das eleições, e recebeu o maior volume de recursos da campanha de Fátima: 1,9 milhão de reais.

Comentários