Marília Arraes demora mas, enfim, orienta voto contra Paulo Câmara. Ela vai de Dani Portela (PSOL)

Da Redação do Blog com informações da Assesoria de Imprensa

Rifada por parte do PT com o apoio de Paulo Câmara, a candidata á deputada federal, Marília Arraes, enfim, manifestou apoio a uma candidatura da oposição. Ela delclarou apoio a candidata ao governo Dani Portela (PSOL) da coligação “A esperança não tem medo”. Poderia ter feito isso um pouco antes para complicar o seu algoz, avalia nosso blog.

“Para mim é muito importante receber essa declaração de Marília, uma mulher valente, que foi vítima de um processo tão violento. Como eu venho dizendo, essa eleição será definida pelas mulheres. Uma mulher sobe e puxa a outra”, afirmou Dani Portela.

A candidata ao governo de Pernambuco pela coligação “A esperança não tem medo”, Dani Portela, recebeu hoje a declaração de voto da candidata à deputada federal pelo PT, Marília Arraes. As candidatas almoçaram juntas no Mercado da Boa Vista, centro do Recife. Marília, que inicialmente seria candidata ao governo do estado pelo PT, teve sua postulação retirada pelo partido em uma negociação nacional de apoio à Paulo Câmara.

Ainda nesta sexta-feira, a candidata realizou panfletagem na Universidade Federal de Pernambuco. Lá ela conversou com professores e estudantes que manifestaram apoio à sua candidatura.

oto da candidata à deputada federal pelo PT, Marília Arraes.

As candidatas almoçaram juntas no Mercado da Boa Vista, centro do Recife. Marília, que inicialmente seria candidata ao governo do estado pelo PT, teve sua postulação retirada pelo partido em uma negociação nacional de apoio à Paulo Câmara.

“Para mim é muito importante receber essa declaração de Marília, uma mulher valente, que foi vítima de um processo tão violento. Como eu venho dizendo, essa eleição será definida pelas mulheres. Uma mulher sobe e puxa a outra”, afirmou Dani Portela.

Ainda nesta sexta-feira, a candidata realizou panfletagem na Universidade Federal de Pernambuco. Lá ela conversou com professores e estudantes que manifestaram apoio à sua candidatura.

Comentários