Falha grotesca tira guia de Armando Monteiro do ar. Coordenação tenta explicar o inusitado

Por Ricardo Antunes

 

O guia eleitoral da noite da coligação "Pernambuco Vai Mudar"  comandada por Armando Monteiro (PTB) não foi exibido e causou um mal estar entre os integrantes da chapa oposicionista. Foi um fato jamais visto em campanha majoritárias recentes e ensejou até uma nota oficial para explicar o fato insólito e um erro grotesco.

Sem ter como explicar o erro a coordenação da campanha emitiu uma nota onde fala mais do seu rival, Paulo Câmara (PSB), do que explica o que realmente aconteceu. Confiram a nota:

"Por um equívoco do fornecedor de mídia, que repetiu conteúdos que eram distintos entre os dois horários reservados para a propaganda nesta sexta-feira. No entanto, chama a atenção a determinação da campanha do atual governador em judicializar a eleição, entrando com ações junto ao TRE, já no primeiro dia da propaganda de Rádio e TV.

As pernambucanas e os pernambucanos, que reprovam a gestão de Paulo, têm o direito de ouvir as propostas e o contraditório. Mais uma vez, como fizeram com Marília Arraes, Paulo e o PSB tentam vencer no tapetão. Não vão conseguir".

Comentários