É o fim do mundo. Arquidiocese da Paraíba proíbe que padres fiquem sozinhos com crianças

Os padres da Paraíba estão proibidos de ficar na companhia de crianças, adolescentes e adultos vulneráveis, desacompanhados dos pais ou responsáveis, na casa paroquial ou em outros ambientes reservados. A informação é do jornal O Estado de São Paulo.

A medida  faz parte de um decreto assinado no último dia 6 pelo arcebispo dom Manoel Delson Pedreira da Cruz, superior máximo da Igreja Católica no estado.

 

Segundo o arcebispo, o decreto visa criar um ambiente seguro para possíveis vítimas de assédio de religiosos e leva em conta a necessidade de proteger crianças.

No mês passado, a Justiça do Trabalho condenou a arquidiocese a pagar indenização de R$ 12 milhões por casos de exploração sexual contra menores cometidos por padres.

Comentários