Dias Toffoli cassa liminar de Marco Aurélio, "ajuda" Renan e determina votação secreta para o Senado

Por Ricardo Antunes

O presidente do STF, Dias Toffoli, derrubou liminar de Marco Aurélio Mello e decidiu que a votação para a presidência do Senado deverá ser secreta. Á tarde, ele também tinha determinado votação secreta para a presidência da Câmara dos Deputados.

A decisão, que saiu agora há pouco,  benefecia indiretamente o senador Renan Calheiros (MDB-AL) que vai tentar a reeleição mesmo com 14 processos criminais e é um tapa nos eleitores que foram as urnas por um Brasil mais decente. Lamentável

Ajude-nos a continuar nosso trabalho independente. Você jamais será livre, sem uma imprensa livre. Contribua.

Comentários