Confirmado: Prefeito Lula Cabral está preso na sede da Polícia Federal

Da Redação do Blog

O Prefeito do Cado de Santo Agostinho, Lula Cabral (PSB) teve prisão preventiva decretada como parte da Operação Abismo, deflagrada nesta sexta-feira (19) pela Polícia Federal. A informação foi confirmada a este Blog por uma fonte em Brasília.

A Operação tem o objetivo de reprimir e desarticular um esquema de fraudes no instituto de previdência dos servidores do Cabo, e investiga gastos de R$ 90 milhões em títulos podres com recursos da previdência dos servidores.

As determinações partiram do Tribunal Regional Federal da 5ª Região.

Além do prefeito - preso em casa, um apartamento em um condomínio de luxo na Avenida Boa Viagem, também foram presos 1 secretário e 2 advogados.

Os envolvidos correm o risco de cumprir penas que ultrapassam 30 anos de reclusão, caso as suspeitas de lavagem de dinheiro, associação criminosa, crimes financeiros e corrupção ativa e passiva sejam confirmadas.

A PF ainda não divulgou os nomes dos envolvidos, mas segue em diligências nesta sexta-feira (19) para cumprir 64 ordens judiciais, sendo 42 mandados de busca e apreensão, dez mandados de prisão preventiva e 12 mandados de prisão. Além de Pernambuco, as ações acontecem em outros 5 estados (São Paulo, Rio de Janeiro, Paraíba, Goiás, Santa Catarina) e no Distrito Federal.

Comentários