De Anitta a Alceu Valença, de Alok a Dennis J, Carvalheira na Ladeira comemora mistura de ritmos em seu camarote

Da Redação do Blog com informações da Assessoria.

O Carvalheira na Ladeir entra em sua sexta edição como  uma das festas mais aguardadas do Carnaval de Pernambuco. Produzido pela agência Carvalheira o espaço virou point da "juvetude dourada" e se consagrou como uma estação de entretenimento por oferecer um alto padrão de serviços e shows em palcos multiculturais numa mistura de todos os ritmos. Só para se ter uma idéia todos os ingressos já estão esgotados.

. receita é bem sucedida: shows de artistas locais e nacionais que estão em alta, apresentações de grupos culturais de Pernambuco e uma megaestrutura de 11 mil m², com capacidade para até 8 mil pessoas por dia.A estação carnavalesca está situada na principal via de acesso ao Centro Histórico de Olinda, em uma área ampla, confortável e de fácil acesso

 

 

Em 2019, o Carvalheira na Ladeira acontece nos dias 1°, 2, 3, 4 e 5 de março. A programação inicia na sexta-feira, às 20h, seguindo até a terça-feira, quando encerra em grande estilo. Além de prezar pelo conforto e segurança de todos, o evento oferece open bar premium, com praça de alimentação,

 

instalações de qualidade e localização próxima ao foco do Carnaval de Olinda. O tema da festa será "Feitos de Carnaval", que irá dar personalidade em cada detalhe da cenografia e dos espaços instalados com ilustrações de Bel Andrade Lima.

No line up, atrações foram escaladas para surpreender o público por meio da diversidade e o impacto artístico. Alceu Valença, Maestro Spok, Elba Ramalho, Silvério Pessoa, Anitta, Xand Avião, Simone e Simaria, Moletchan, Alok, Gustavo Mioto e Dennis DJ são alguns dos artistas que se revezarão no palco, durante os cinco dias, para agitar e garantir o máximo de diversão aos foliões. Ao todo, o Carvalheira na Ladeira oferece oito horas de festa por dia.

Grupos culturais locais também abrilhantam ainda mais o evento. Pernambuco é um Estado multicultural e conhecido por sua tradição. Assim, maracatus, caboclinhos, passistas e orquestras de frevo, bonecos gigantes, La Ursa, Caiporas e outros atrativos folclóricos do Estado expõem suas tradições e dão o tom à festa.

Ajude-nos a continuar nosso trabalho independente. Você jamais será livre, sem uma imprensa livre. Contribua.

Comentários