CNI vai eleger novo presidente depois dos "escândalos" que envolvem também o Ministério do Turismo nas gestões anteriores

A diretoria da Confederação Nacional da Indústria (CNI) confirmou, em nota, que vai se reunir na quinta-feira para eleger o sucessor de Robson Braga de Andrade, investigado pela Polícia Federal por envolvimento em um esquema de corrupção em contratos do Ministério do Turismo com o Sistema S.

Ataídes de Oliveira, ex-senador pelo PSDB que denuncia a corrupção no Sistema S há anos, disse a O Antagonista:

“Não vai resolver trocando só os cabeças. Não adianta trocar só as cabeças quando o corpo também está apodrecido. O que vai sobrar aí é da canela para baixo.”

Segundo o colunista Lauro Jardim, o favorito é Paulo Afonso Ferreira, presidente da Federação das Indústrias de Goiás, “ligadíssimo a Andrade”.

Ajude-nos a continuar nosso trabalho independente. Você jamais será livre, sem uma imprensa livre. Contribua.

Comentários