Ciro Gomes bate em Lula e FHC e diz que Alckmin não rouba "mas deixa roubar"

Da Redação do Blog

O candidato do PDT, Ciro Gomes, disparou sua metralhadora contra tudo e contra todosem sabatina de Folha, UOL e SBT, agora pela manhã, em São Paulo. Ele disse que nem FHC e nem Lula fizeram qualquer reforma relevantes para o Brasil. O seu rival, Geraldo Alckmin também não escapaou. "Ele deixa roubar", provocou.

“Qual foi a reforma que FHC propôs e não passou? Isso é mentira. FHC não propôs nenhuma reforma relevante para o país. O PSDB patrocinou a maior alta de carga tributária da história do capitalismo mundial no seu prazo. Pegou a carga tributária em 27 e entregou com 32,5.

Vamos convir: qual foi a reforma que o senhor Luiz Inácio Lula da Silva, meu amigo, propôs, para a gente botar a culpa no Congresso que ele não votou? Vamos falar claro da nossa própria história. Não há compromisso ali. Dois projetos de poder rigorosamente iguais.”

Uma entrevistadora afirmou que o presidente geralmente primeiro tenta formar convencimento no Congresso para depois apresentar sua proposta.

“É a democracia de gabinete”, disse Ciro. “Comigo, não. A democracia vai ser de alta energia. Toda hora que houver impasse, eu não vou comprar deputado para virar testa-de-ferro de bandido. O PSDB nunca mais ganhou eleição nacional com essa prática e olha onde está o maior líder popular do Brasil: preso.”

Ajude-nos a continuar nosso trabalho independente. Você jamais será livre, sem uma imprensa livre. Contribua.

Comentários