Bolsonaro tira "onda" com a grande imprensa: "Desculpem não está indicando meus inimigo"

Por Ricardo Antunes

Pouco dias depois das manchetes criticadas por esse colunista o presidente Jair Bolsonaro foi a forra e destilou toda sua ironia para com alguns jornalistas:“Peço desculpas à grande parte da imprensa por não estar indicando inimigos para postos em meu governo!”, disse em seu twitter.

A imprensa tem que ser vigilante com as pronessas do novo governo - e esse blog tem cobrado - mas criar manchetes dizendo que a primeira dama "indicou uma amiga" e o presidente "indicou um amigo" para cargos no governo é falta do que fazer.

Vamos trabalhar, pessoal

Comentários

Leia mais...

Mais em Política