Bolsonaro diz que 'quem vai mandar no Brasil são os capitães' em visita ao BOPE

Da Folha de S. Paulo

Em visita ao Bope (Batalhão de Operações Especiais), no Rio de Janeiro, o candidato a presidente Jair Bolsonaro (PSL) agradeceu o apoio de policiais.

"Obrigado a vocês e mais do que tudo pode, pela confiança pela parte de muitos, pode ter certeza, em chegando, teremos um dos nossos lá em Brasília. Caveira", disse, encerrando um breve discurso com o grito de guerra que entoa o símbolo do Bope.

"Temos a segunda maior bancada de Brasília sem tempo de televisão, sem fundo partidário, sem nada. Isso vem de gente como vocês. Então temos que acreditar e tentar mudar."

O candidato arrancou aplausos do grupo e brincou e cumprimentava um coronel, mas que quem vai mandar no Brasil são os capitães. Bolsonaro é capitão reformado do Exército. Ele fez breve discurso a integrantes do batalhão, que foi filmado e distribuído por integrantes da campanha.

Ele visitou a sede do Bope na manhã desta segunda-feira (15). Segundo assessores, foi uma visita a amigos. A imprensa não pode participar do encontro.

Comentários