Bolsonaro confirma ao blog que pode não ir aos debates com Haddad mesmo que médicos o liberem

Por Ricardo Antunes

Favorito no segundo turno das eleições presidenciais, o candidato Jair Bolsonaro, confirmou, hoje em entrevista ao Globo, que pode não participar dos debates mesmo que seus médicos o liberem. A informação foi dada, ontem, com exclusividade por esse blog.

Em 2006, favorito na disputa Lula também não foi ao debate de Tv. Dilma repetiu a dose em 2010. A avaliação no entorno do candidato é que ele não ganha nada participando dos mesmos. O que em parte é pura verdade.

“Existe a possibilidade, sim, por estratégia. Estou vendo o Haddad desafiando agora: ‘Quero que você diga o que fez em 28 anos no Parlamento’. Eu responderia para ele: ‘Não roubei ninguém, Haddad'”, disse o candidato do PSL.

Bolsonaro também ironizou a mudança de logotipo da campanha do PT, que trocou o vermelho pelo verde e amarelo da bandeira. E chamou o rival de “camaleão”.

 

Ajude-nos a continuar nosso trabalho independente. Você jamais será livre, sem uma imprensa livre. Contribua.

Comentários