Aliança Comunicação, Instituto Origami e Fiepe colaboram com as investigações. Confira o outro lado.

Da Redação do Blog

Os supostos envolvidos apontados pela "Operação Fantoche" ,que  apura desvios de mais de R$ 400 milhões do "Sistema S" ,enviaram nota ao blog onde afirmam que estão colaborando com a justiça e explicando detalhes do caso. O presidente da Fiepe, Ricardo Essinger, foi  preso em Brasília pois estava indo a uma reunião da CNI.  

Noata da Alianca Comunicação e Cultura 

A Aliança Comunicação e Cultura reafirma seu compromisso em produzir projetos culturais com conteúdo de altíssima qualidade, e que têm se traduzido em sucesso de público e de crítica por quase 20 anos. Ao longo desse tempo, levamos o que há de melhor no mundo das artes para mais de 10 milhões de brasileiros, em todos os estados da federação e no Distrito Federal, sempre com acesso gratuito.

Reforçamos, ainda, que todos os nossos projetos passam por auditorias internas e externas, sem qualquer tipo de restrições quanto a qualidade e a entrega de TODOS os itens contratados. Nesse momento, estamos nos empenhando ao máximo para esclarecer todos os questionamentos levantados pela Polícia Federal. É do nosso maior interesse que tudo seja elucidado o mais rápido possível.

Nota do Instituto Origami

O Instituto Origami é uma associação civil de direito privado, independente, sem fins lucrativos e apolítica. E informa que está colaborando com todas as demandas das autoridades no sentido de esclarecer eventuais dúvidas sobre os projetos que realiza.

Nota da Federação das Indústrias do Estado de Pernambuco (Fiepe)

A Fiepe informou que o seu presidente, Ricardo Enssingeer está prestando esclarecimentos  a Polícia Federal. Todos os processos, atendem, criteriosamente, as exigências licitatórias previstas em lei e a equipe técnica da entidade está a disposição para contribuir com a documentação que for solicitada peços responśaveis pedela investigação

As outras empresas ainda não enviaram nota ao blog

Comentários