Opinião

“Toda mulher deveria ser assediada três vezes por semana para ser feliz”, afirma Danuza Leão.

“Toda mulher deveria ser assediada três vezes por semana para ser feliz”, afirma Danuza Leão.

11/01/2018 06:45

Por Danuza Leão

“O que não está claro para mim é o conceito de assédio. É uma paquera? Avanços sexuais entre homens e mulheres começam sempre de um lado. Às vezes, o outro lado não quer, e isso é normal. Como definir?
Espero que essa moda de denúncia contra assédio sexual não chegue ao Brasil.

O que aconteceu no Globo de Ouro me pareceu um grande funeral. Apesar dos vestidos lindíssimos, acho que aquelas mulheres (que foram à cerimônia de preto) foram muito pouco paqueradas e voltaram sozinhas para casa.

Não acho que as denúncias de assédio possam gerar uma ‘caça às bruxas’ porque são uma coisa ridícula, para começo de história. É doloroso saber que uma mulher pode fazer uma acusação e tirar o emprego de um homem. É algo pecaminoso. Mas isso é coisa de americano.

Lá eles não têm noção de sexo. É ótimo passar em frente a uma obra e receber um elogio. Sou desse tempo. Acho que toda mulher deveria ser assediada pelo menos três vezes por semana para ser feliz. Viva os homens.”

Compartilhe nas suas redes sociais.Share on FacebookTweet about this on Twitter

Comentários

Giovanni Rattacaso Filho - 11 de janeiro de 2018

Tudo dentro de limites aceitáveis deve ser encarado de forma positiva e normal. O flerte, a paquera, os olhares, as flores, os recadinhos… Como se pode iniciar qualquer tipo de relacionamento sem isso? Assédio deve ser conceituado como algo que ultrapasse os limites do respeito e da razoabilidade, o agressivo ou aquilo que já foi negado e renegado pelo outro, a insistência descabida. Vamos repensar esses limites!

[Reply]

Ricardo Antunes Reply:

Bem posto, caro Rattacaso.

[Reply]

Opine e entre na discussão