Geral

Polícia Federal simula mudanças que italiano foragido pode ter feito, como uso de bigode e barba postiços

Polícia Federal simula mudanças que italiano foragido pode ter feito, como uso de bigode e barba postiços

16/12/2018 22:03

A Polícia Federal elaborou retratos com possibilidades de disfarce que poderiam ser utilizadas pelo italiano Cesare Battisti condenado no seu país por quatro assassinatos nos anos 1970.  A extradição foi negada por Lula em seu último dia de governo em 2010 e feita por Temer há uma semana

Técnicos da Polícia Federal simulam pelo menos 20 mudanças que o italiano pode ter feito, como bigode e barba postiços, chapéus e óculos. A estratégia pode ser usada para garantir que Battisti passe despercebido em grandes centros urbanos sem ser reconhecido ou consiga atravessar fronteiras e deixar o País.

Há também um canal de denúncias anônimas pelo telefone (61) 2024-9180.

Opine e entre na discussão