Corrupção

PF deflagra a 59ª fase da Lava-Jato e mira em contratos da Transpetro com valor em R$ 682 milhões

PF deflagra a 59ª fase da Lava-Jato e mira em contratos da Transpetro com valor em R$ 682 milhões

31/01/2019 11:41

Da Redação do blog 

A Polícia Federal (PF) cumpre nesta quinta-feira (31), em São Paulo, três mandados de prisão temporária e 15 mandados de busca e apreensão durante a 59ª  fase da Operação Lava-Jato, batizada de Operação Quinto Ano.

As investigações, apontam propinas do Grupo Estre em 36 contratos da Transpetro de valor superior a R$ 682 milhões. Entre os alvos desta fase estão Wilson Quintella Filho, acionista e ex-presidente de empresas do Grupo Estre, um ex-executivo do grupo e o advogado Mauro de Morais.

As investigações tiveram como ponto de partida declarações de Sérgio Machado, ex-presidente da Transpetro

O esquema foi revelado a partir da delação de Sérgio Machado, ex-presidente da Transpetro, indicado e mantido no cargo pelo então PMDB. Além dos R$ 22 milhões já identificados na lavagem realizada pelo escritório de Mauro de Morais, depoimentos convergentes do ex-diretor de Abastecimento da Petrobras, Paulo Roberto Costa,  e os empresários Luiz Fernando Nave Maramaldo, empresário e Adir Assad apontam que a atuação criminosa de Wilson Quintella e seu grupo possivelmente alcançou outras áreas, inclusive na Petrobras.

Opine e entre na discussão