Opinião

Ela flutuava nas quadras, diz Fernando Meligeni, para quem Maria Esther Bueno nunca foi reconhecida como deveria

Ela flutuava nas quadras, diz Fernando Meligeni, para quem Maria Esther Bueno nunca foi reconhecida como deveria

09/06/2018 08:24

Nunca fomos grandes amigos , mas você é amigo de quantos gênios do seu esporte ou trabalho? Tinha por ela muita admiração. Muito respeito e gratidão. O que ela fez pelo tênis ninguém fez.

Muito mais que amigo eu era fã de tudo que ela representa para os tenistas. Maria Esther Bueno foi e sempre será a maior tenista do Brasil. Em uma época onde o tênis era jogado entre passos de dança ela era a melhor dançarina do mundo. Ela flutuava em quadra.

Avessa ao marketing pessoal ou ao endeusamento, ela sempre foi tímida, querida e humilde. Seus títulos e as pessoas falavam por ela. Ela não. Quando falava as pessoas ficavam loucas com suas incríveis histórias.

Hoje perdemos o maior ícone e nome do tênis do nosso país. Mais uma gênio esquecida, deixada de lado. Mais uma incrível atleta que não foi reconhecida como merecia. Mais uma atleta mais reconhecida fora do que dentro do nosso país.

Maria Esther vai deixar saudade e mais uma lição. Nossos ídolos precisam ser tratados com muito mais dignidade. Precisamos cultivar mais o reconhecimento é respeitar o passado.

Obrigado Maria Esther. Descanse em paz.

Opine e entre na discussão